A equipe da Assessoria de Comunicação (ASCOM) do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), realizou uma visita benchmarking (processo de estudo de concorrência) à Associação de Gestão, Inovação e Resultados em Saúde (AGIR), para analisar as boas práticas utilizadas pelo setor de Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Organização, comparar os desempenhos, objetivando a melhoria e eficiência dos processos comunicacionais do IBGH.

A visita foi solicitada pelo assessor de comunicação e marketing do IBGH, Guilherme Marques, e aceita prontamente pela equipe de Comunicação da Agir, representada por sua também assessora, Anna Luíza Rucas. O principal objetivo da visita foi ampliar os conhecimentos práticos e alinhar as expectativas entre os setores que trabalham como áreas que produzem capital intelectual, auxiliando em todos os processos de uma organização para com o público externo da Instituição.

Acompanhados do assessor, estavam a diretora operacional, Nara Mundim, o assessor de planejamento, Rodrigo Lima, o analista de comunicação, Antônio Teixeira, a assistente de comunicação, Cecília da Costa. Na ocasião, recepcionando os colaboradores do IBGH, estiveram o comunicólogo, Bruno Aquino, a administradora, Anna Carolina Moreira e o fotógrafo, Gustavo Viscal.

“Ter tido a oportunidade de acessar outras realidades com relação aos processos comunicacionais, serviu de base para uma avaliação mais técnica e profunda sobre a Assessoria de Comunicação do IBGH. Cheguei à conclusão, ao final da visita, que a base para a execução do trabalho realizado das duas organizações, é muito parecida, porém agregamos valor aos nossos processos de maneiras diferentes. Acredito que essa visita tenha sido muito valiosa para o IBGH, pois através dessa troca de experiências e o networking, será possível entender quais fluxos podem ser adaptados para a nossa realidade e quais podemos otimizar” ressalta Guilherme.

Benchmarking

O benchmarking é uma das mais relevantes estratégias para aumentar sua eficiência. Em tradução livre, pode ser traduzido como “ponto de referência”. Trata-se um minucioso processo de pesquisa que permite aos gestores compararem produtos, práticas empresariais, serviços ou metodologias usadas pelos rivais, absorvendo algumas características para alçarem um nível de superioridade gerencial ou operacional.