O Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) foi palco para um treinamento que vai além do atendimento convencional a pacientes em hospitais. A Oficina de Projetos Culturais ocorreu do dia 29 a 31 de agosto e partiu de uma iniciativa da Arte Brasil Projetos Socioculturais e da Anthropos Companhia de Arte, que recebeu o apoio do IBGH para sua realização.

A oficina foi pensada para transformar uma boa ideia em realidade, por meio da cultura. A formação trabalhou de forma prática a elaboração de projetos culturais, que visa capacitar os participantes para a criação de ações estruturadas e qualificadas para uma intervenção positiva na realidade social de Goiânia e Goiás.

Por meio da articulação das ferramentas de formatação de projetos com as legislações vigentes, a oficina também trabalhou fundamentos teóricos da arte, da cultura, do desenvolvimento sustentável local e de técnicas de escrita criativa. Ao todo, foram 12 horas presencias de curso, mais 2 horas de orientação de projetos culturais à distância sobre o a elaboração do projeto a ser apresentado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura pelo participante do curso.

Oportunidade

O produtor cultural e consultor de projetos da Arte Brasil Eventos, Marcelo Carneiro, explica que o curso foi pensado para que pessoas que tenham o objetivo de levar arte e cultura à sua comunidade tenham condições de desenvolver seus projetos. Há ainda um trabalho voltado para o terceiro setor. “Um edital da Lei Municipal está em aberto e muita gente quer participar, mas não sabe como”, comenta.

O superintendente do IBGH, Estêvão Costa Daltro, é um incentivador deste tipo de iniciativa. Ele explica que o IBGH nasceu com propósito de atuar na saúde, mas também na cultura e educação. “Queremos dar nossa contribuição à sociedade por meio de bons projetos, de apoio a artistas locais e apoio à cultura. Esta parceria visa formar pessoas para trabalhar com projetos culturais. Vamos participar outros projetos como este, plantando sementes para colhermos os frutos amanhã”, diz.