Rostos pintados, sorrisos estampados e muita alegria para dividir marcaram a visita das representantes da LAPA – Liga Acadêmica de Palhaçoterapia do Centro Universitário ITPAC às crianças internadas no Hospital Municipal de Araguaína – HMA, na última quinta-feira, 15.

Foi uma tarde cheia de brincadeiras, risadas e um teatro educativo que ensinou a importância de lavar as mãos e alimentos antes de comer. Segundo a Analista do Núcleo de Educação Permanente – NEP do HMA, Síntia Barros, o convite partiu do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar – IBGH e a parceria com a LAPA já dura mais de três anos, sempre traz bons frutos.

Palhaçadas e muito amor envolvido

Palhaça Croquete por um dia, a estudante de Enfermagem, Bárbara Borges, não se cabia de contentamento. “Sinto muito amor por essas crianças, porque a gente sai de casa, veste um personagem e vem dar tudo que tem, esquece todos os problemas, esquece todas as dificuldades e vem dar muito amor e alegria, cuidar delas com aquilo que a gente aprendeu na faculdade”, disse Bárbara/Croquete.

“Quero morar aqui”

A inocência infantil anseia por mais momentos felizes. Satisfeito, o pequeno Hugo Jesus, de cinco anos, disse que não queria mais ir embora do Hospital. A doméstica Francisca Amaro, mãe do Hugo, comentou o quão importante são esses momentos.“Animou demais as crianças. Elas ficam presas dentro do quarto e, quando saem para se divertir, ficam mais animados, até esquecem que estão internados. O meu filho mesmo nem quer ir mais para casa, disse que quer morar aqui”, brincou Francisca.

Fotos: João Neto